O Design tem seus pilares em movimentos artísticos e na arquitetura.

No Século XIX William Morris, designer, poeta e teórico social, inicia o movimento que daria origem ao design de hoje. Revalorizou a tipografia clássica, criou estamparias para papeis de parede e tecidos. Sua importância como designer se dá devido ás padronagens e sua preocupação com a industria gráfica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No final do século XIX, arquitetos norte-americanos Louis Sullivan e Frank Lloyd Wright, aprimoraram as formas dando funcionalidade às construções. E essa funcionalidade iria se refletir no design.

No começo do século XX, através dos movimentos artísticos, o design sofreu influências. E principalmente da Bauhaus. Uma escola que reuniu e consagrou grandes nomes da arte moderna. Unindo concepções artísticas e idéias colhidas das duas primeiras décadas do século, fez com que a escola tivesse como objetivo formar arquitetos, pintores e escultores em um ambiente de oficina. A escola é reconhecida como responsável pela introdução na arquitetura, no design de interior e onde a tipografia tornou-se curso graduado em 1925. Além de ser considerada fundadora do design industrial, do Estilo Internacional (simples e funcional, além de ter sido a lançadora dos fundamentos do estilo do design industrial).

O design, sob influência da Bauhaus, recebeu mestres incríveis como Paul Klee, Wassily Kandinsky, Moholy-Nagy, Josef Albers e Herbert Bayer. Paul Klee revolucionou a pintura através da sua visão einsteiniana e seu inconsciente freudiano; Wassily Kandinsky explorou a geometria e as cores primárias; Moholy-Nagy incentivou o uso da tecnologia através de fotos montadas e coladas, inovando as imagens visuais e simplificando a tipografia; Josef Albers intensificou o movimento do design bidimensional e a complexa teoria da cor; Herbert Bayer fundamentou o estilo tipográfico da Bauhaus, predominando as letras minúsculas para títulos e nomes.

Em 1933, depois do fechamento da Bauhaus, o design industrial começou a crescer e o design gráfico desenvolveu uma assimetria instituída. A tipografia se formava com novas expressões, as cores primárias como vermelho, amarelo e azul, receberam outra ênfase, assim como as formas primárias, o círculo, o quadrado e o triângulo. A publicidade se tornou importantíssima por ter sido curso da Bauhaus no final da década de 20. Passada a década de 60, o movimento artístico modernizado, chamado de “Pop”, caracterizou-se pelo estilo dadaísta com imagens mais comerciais do design gráfico, sendo aplicado na publicidade e na indústria de embalagem.

Pode se citar alguns movimentos artísticos que influenciaram o design:

(Bieres de la Meuse – 1898 – Mucha)

Art Nouveau, considerado o alarme falso do movimento moderno com a formação de um estilo artístico aplicado em pôsteres. Embora o Art Nouveau seja uma manifestaçáo típica do século XIX, podem-se encontrar traços desse movimento nos layouts tipográficos dos anos 60 e mesmo da década de 70. Os trabalhados caracteres da família de tipos Bookman, o arredondado da família Cooper Black e o renascimento de alfabetos antigos e ornamentados. Destaque para sua influência na criação de marcas comerciais e sua criação e desenvolvimento dos modernos posters.

(Cartaz – 1924 –  A. N. Samokhvalov)

Construtivismo Russo, uma das metas de Construtivismo era combinar palavras e imagens numa experiência simultânea, tanto na página impressa quanto no filme. Este tratamento das imagens visuais, então revolucionário estava destinado a influenciar o futuro da comunicação de idéias. A composição palavra-imagem iniciava então, o primeiro passe para o fotojornalismo. Ao Construtivismo se deve também a utilização de novas técnicas visuais, como a fotomontagem, os fotogramas e a superposição. Todos estes esquemas, amplamente usados pelos censtrutivistas na criação de seus cartazes de cinema, alargaram o potencial da página impressa

(III Exhibition of the State School of Industrial Design in Krakow – 1926 – Anna Birtus-Seifert)

Art Déco, foi contrária à simplicidade do design moderno, desenvolvendo elegantes embalagens, extravagantes cenários e tipos de letra com filigranas, ousando no brilho e no colorido; Ao contrário do design criado pela Bauhaus, no art déco não há exigência de funcionalidade. A origem do Art Déco é, geralmente, localizada em Paris, mais precisamente na Societé des Artistes Décorateurs (grupo que serviu para dar nome ao estilo), mas na verdade suas raízes são muitas e variadas. Embora deva muito da sua formação ao Art Nouveau, o Art Déco abandonou as curvaturas livres e a espontaneidade em favor de um design mais ordenado geometricamente.

(1923)

De Stijl e Bauhaus, respeitava um design assimétrico a partir da evolução do Cubismo proposta por Piet Mondrian. Após o fim da Bauhaus este estilo foi se expandindo às formas de material impresso como anúncios, cartazes, livros, folhetos e revistas. Os designers do grupo De Stijl fizeram-se notar pela rigorosa precisão com que dividiam o espaço, algumas vezes contrastando as divisões com linhas negras; pela tensão e pelo equilíbrio, alcançados com a assimetria; por seu arrojado e criativo uso das formas básicas e das cores primárias; e pela máxima simplicidade de suas soluções. Eles criaram o termo neoplastícismo, para designar sua concepção de pintura bidimensional, e o termo acabou se tomando sinônimo do estilo do grupo em geral.

O design continua evoluindo e rompendo barreiras, como por exemplo, as vinhetas da MTV, a editoração da revista TRIP, a influência da internet nos outros suportes. A partir do avanço da tecnologia e do mercado reafirmaram as propostas do design, de agregar valor ao produto.

Leia mais em designpromove.blogspot.com

About arianepadilha.com

Adoro produção gráfica, nasci brincando em gráfica e descidi compartilhar essas coisas, existem tantas coisas tontas que mostram a vida de todo mundo, e porque não mostrar meus gostos?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s